logo2.png

rot_header.jpg

História

O Rottweiler Clube de Portugal

O Rottweiler Clube de Portugal

Alguns anos após a introdução da raça Rottweiler em Portugal, a popularidade da mesma levou ao aumento da criação e do número de exemplares que se apresentavam em exposições caninas. Aqueles que mais diretamente se encontravam envolvidos nesta nova realidade, decidiram ser a altura para criar um clube da raça.

Fernando Lucas Martins, após contatos com outros criadores e proprietários de Rottweilers, reuniu os dez sócios fundadores. António Pereira Lucas Martins, Fernando Manuel F. Lucas Martins, Teresa Lamy, António Manuel A. Abreu, Luisa Teresa A. Abreu, Fernando Pereira L. Martins, Duarte Nuno Xavier Gouveia, Dr. António José Castro e Sousa, Maria José Sá Alves e Pedro Miguel Martins, são nomes que estão na génese do clube.

Rottweiler Clube de Portugal, foi o nome eleito por unanimidade.

Em 1993, o RCP via os seus estatutos aprovados em Assembleia Geral do Clube Português de canicultura, passando assim a ser reconhecido como o clube de raça oficial em Portugal. Mediante a sua aprovação e reconhecimento como entidade representativa da raça em Portugal, no dia 14 de Maio de 1993, no 2º Cartório Notarial de Santarém, fez-se a escritura pública na presença dos 10 sócios fundadores.

Em 1997, o Rottweiler Clube de Portugal apresentou a sua candidatura em Chicago, no congresso Mundial da I.F.R. (Federação Internacional dos Amigos do Rottweiler) que se realiza de três em três anos, para fazer parte desta mesma federação. A candidatura acabou por ser aprovada por unanimidade e consenso dos mais de 26 países já integrantes. 

No ano 2000, aquando o Congresso Mundial da IFR realizado na Bélgica, o nosso clube apresentou a candidatura portuguesa para realizar o Congresso e Exposição Mundial em 2003. A candidatura foi votada favoravelmente por unanimidade. 

Dezanove anos passados, após a sua fundação, o ano de 2012 será visto como um ponto de viragem na vida do clube. A criação desmedida, a popularidade da raça, a legislação do país que afeta diretamente o Rottweiler, levou a que os anos transatos fossem de grande dificuldade e desmotivação. Factos que, entre outros, contribuíram para uma situação muito débil do clube e do seu dia-a-dia.

A 19 de Maio de 2012, sem qualquer ligação ao passado do RCP, são eleitos novos Órgãos Sociais para o clube.

Rottweiler Clube de Portugal